14 setembro 2011

Ser ou não ser...

Segundo significado na Wikipédia (a enciclopédia livre) a famosa frase "Ser ou não ser, eis a questão" (no original em inglêsTo be or not to be, that's the question) vem da peça A tragédia de Hamlet, príncipe da Dinamarca, de William Shakespeare. Encontra-se no Ato III, Cena I e é muito usada como um fundo filosófico profundo. Sem dúvida alguma, é uma das mais famosas frases da literatura mundial.
Eu lembrei-me dessa frase quando pensei em fazer essa postagem de hoje.
Isso porque é o seguinte...
... Há alguns dias atrás, encontrei uma amiga maravilhosa, que me disse a seguinte frase: “Iara você é como minha mãe, quer abraçar o mundo! Só tome cuidado quem você abraça...
E eu tenho pensado bastante sobre isso.
Desde que me conheço por gente, eu sempre fui uma pessoa que tenta ajudar qualquer pessoa que esteja perto de mim. Seja ela da família ou não.
Quando era pequena (quer dizer, mais nova porque pequena eu sou até hoje rs...) como já contei aqui, eu adorava fazer desenhos nos cadernos das amiguinhas de classe, fazia os desenhos nos cartazes de trabalhos em grupo, ajudava alguém quando tinha alguma dificuldade, etc.
E ao longo dos meus 35 anos, sempre foi assim. Como diz sempre o meu marido, “eu falo demais e faço amizade muito fácil” (rs...). Se estou no metrô, e vejo uma pessoa idosa ou grávida, eu não aguento e levanto para essa pessoa sentar, se vejo uma pessoa cega (como aconteceu semana passada), lá vou eu oferecer ajuda. Se estou numa conversa entre amigas ou família, e alguém menciona que precisa de algo, quando vejo já falei “precisa de ajuda?”.
Só que tem uma coisa, pessoas que são assim, também passam por algumas situações diversas ao longo da vida. E comigo não foi nada diferente.
Eu já escutei algumas vezes ou já presenciei pessoas de dois tipos: aquelas que adoram o meu modo de ser, dizem que sou muito prestativa e que isso é muito bacana, e também conheci pessoas que não curtem ou porque (por incrível que possa parecer) se “irritam com gentileza” (que me perdoe quem concorda com isso, mas isso ainda não entra na minha cabeça...) ou que se sentem de alguma forma “invadidas” quando alguém oferece ajuda.
E mais, percebi que pessoas prestativas devem fazer as coisas de coração não esperando nada em troca, senão a palavra “ajuda” deixa de ter sentido. E eu como ser humano NORMAL e COMUM que sou claro, confesso que antigamente acabava me decepcionando com alguns acontecimentos. Mas até que um dia após uma decepção de amizade, estive na minha primeira e única consulta a uma psicóloga (digo única gente porque respeito e admiro essa profissão, mas naquele momento não era bem o que eu procurava pra mim, então minha terapia foi começar a costurar...) ela me disse a seguinte frase: “Iara você não está com raiva da pessoa, mas sim de você mesma. Isso porque você projetou nessa pessoa alguém que ela não é, mas sim que você gostaria que fosse!”
E então eu revi meus conceitos. Revi e sempre acho que devemos fazer isso ao longo da vida, porque amadurecemos e nos tornamos pessoas melhores.
Depois dessa fase, eu juro (rs...) que TENTEI ser diferente: eu segurava mais a “minha boca” quando alguém demonstrava precisar de ajuda, ou pensava mais antes de dar uma opinião (aqui entra meu marido dizendo: “Iara pare de agir por impulso!”), etc.
Mas hoje eu aprendi a perceber quem gosta e quem curte ser ajudada ou acarinhada.
Eu descobri que devo sim ser mais cautelosa, mas assumo de coração que EU NÃO QUERO SER DIFERENTE! (rs...)
E o negócio é seguinte: Eu já repeti por aqui e não me canso: “UM CARINHO SEMPRE CAI BEM...” E na minha opinião não às vezes ao contrário da música do Caetano que por sinal eu adoro. (rs...)
Gosto SIM e MUITO de dar carinho para TODAS as pessoas que estão dentro do meu coraçãozinho, e quem convive comigo, sabe que ele é uma manteiga derretida! (rs...). E quem está perto de mim ou longe (amigas via internet), me aceitam do modo que sou e isso para convivermos em sociedade é primordial.
Eu AMO todas as pessoas que convivo, cada um de uma maneira diferente claro, mas AMO todas! E agradeço a Deus pro TODAS AS QUE FAZEM PARTE DA MINHA VIDA!
E por falar em carinho e voltando ao “mundo craft” vou encontrar amigas “fofas” (como costumo chamá-las rs...) nessa sexta-feira e não podia ser diferente: arrumei um tempinho no meio da minha “correria de mãe em tempo integral” e estou preparando “mimos fofos” para acarinhar cada uma delas. Abaixo estão as fotos dos “bastidores” dessa produção para vocês acompanharem.
Para quem ainda não me conhece, essa sou eu gente, a Iara Passerotti, e sinceramente: SOU UMA PESSOA MUITO FELIZ POR SER ASSIM!
Obrigada meu Deus por ter a HONRA e o MERECIMENTO de SER FELIZ!


Um grande beijo
Iara Passerotti - IP Handmade


20 comentários:

Fernanda disse...

Ai, Iarinha!
Parece até que vc me descreveu.
Sempre me jogo quando numa conversa vejo que posso ajudar, ajudo vizinhos e amigos sem esperar algo, mas muitas vezes sofro muito por no dia a dia me deparar com atitudes tão simples e ao mesmo tempo que me magoam muito. Tenho escutado mais, falado menos e ficando mais no meu cantinho. Mas confesso que a vontade e ajudar, se oferecer, fica ali gritando:"Vai, fala alguma coisa!".(rs).
Bjs, FÊ

Handmade with love... disse...

Fê, somos "muito parecidas" heim amiga rs... Mas olha, NÃO ME ARREPENDO de ser assim, cada gesto, cada coisa que já fiz e faço, isso tenho certeza que além de ser bom para as outras pessoas, isso é muito bom pra mim!
Grande beijo Iara

Gê Garcia disse...

Ebaaaaaaaaaaaaa eu sou amiga fofa!!!!

Ai amiga... eu tb sou assim... e nunca me arrependi, viu?

Se não deu certo alguma vez, valeu pelo aprendizado...
Mas na maioria das vezes deu super certo e ganhei pessoas preciosas na minha vida!!!!!

Bjks,

Tecidos e Crafts disse...

Bom dia Iara!

Não adianta, na minha opinião, ir contra a nossa natureza nos faz mais mal ainda.

Acho que chega um momento em nossas vidas, que não dá para ficar "regulando" o que fazer, como agir etc. Não que a gente tenha que sair que nem uma "louca desvairada" ou "vaca braba" (rs), fazendo tudo que der na telha.

Porém, tem um momento que a gente vai solidificando nosso ser e ficar se "regulando", pensando no que pode acontecer ou o quê a pessoa vai achar, não tem mais sentido, especialmente quando a gente QUER O BEM, para quem passa ou está em nossas vidas.

Já me recriminei muito, hoje não faço mais isso. A doação (num bom sentindo e de coisas boas) aos outros é que prevalece. Se o outro não tem a capacidade de entender, o problema não é meu e sim dele - uma pena!

"Ser ou não ser, eis a questão", deixa de ser um paradoxo, quando acreditamos e temos uma boa intenção em SER QUEM REALMENTE SOMOS.

Fico feliz por VOCÊ SER COMO É, E MAIS AINDA POR FAZER PARTE DE SEU CÍRCULO.

Um abraço bem carinhoso nesse coração de manteiga derretida (rs).

Aninha.

Anônimo disse...

Amiga, que lindo seu post... concordo com você em ser gentil e prestativa com as pessoas, mas precisamos ser cautelosos com "algumas" pessoas, porque o ser humano age por impulso e as vezes se aproveita da situação(você sabe do que estou falando, não é... como eu sempre dizia... cuidado com fulano, ou com ciclano...) mas a vida é assim... ti admiro por ser essa pessoa maravilhosa...
Um grande beijo
Cast

Patrícia Medeiros disse...

Iara,
Esse sei jeitinho carinhoso é tão transparente que nos é perceptível mesmo através do mundo virtual. E é muito gostoso perceber e conhecer pessoas como vc que não se intimidam em fazer o bem e agir com gentileza.
Tenho a certeza de que é esse seu jeito de ser que deixa a vida mais bela e as dificuldades que vão surgindo, mais leves.
Te admiro cada dia mais!!!
Beijo grande no coração!

Patty

Luciana Brito disse...

Querida você é linda por dentro e por fora, e seu jeito meigo e amigo é uma delícia, acho que outro jeito não combina com você, tbm sou parecida contigo e sei que muitas vezes somos incompreendidas, mas a sensação de ajuda, de pôr um sorriso nos lábios de alguém, ver os olhinhos brilhando... (como diz aquela propaganda) não tem preço!
Tem alguém que tudo vê e conhece a intenção do nosso coração, Ele nos abençoa em dobro!
Bjo

Ateliê da Nanda disse...

Iara, assim como muitas das meninas aqui se identificaram com o seu jeito, eu não poderia ser diferente. Qdo era adolescente tbm ficava mal com as "amiguinhas" que se aproximavam por interesse, mas hj em dia sabe como eu sou? Sou assim ó: "FODA-SE" quer ser minha amiga? Venha!! Não quer?? FODA-SE! Eu sou do tipo que faço o impossível para agradar, mas se pisar na bola eu me afasto sem remorso! Amadureci mto ao longo dos anos e hj em dia não me magoo mais como antes não!

Bjss pra vc e sexta que vem é nóis!!!!


Nanda

Cantinho da Aracy disse...

Oi amiga fofa
Te amo do jeitinho que você é, inclusive sendo aberta pra rever as coisas e tentar aprender com todas elas.
Certamente Deus usa você com este seu jeitinho pra ser instrumento dele e abençoar muita gente.
Eba, e eu sou uma das pessoas que tem sido tremendamente abençoadas por seu carinho e amizade tão verdadeiros.
Beijos no coração

Handmade with love... disse...

Gê: com certeza você é uma "amiga fofa" rs... Obrigada!

Ana: com certeza você faz parte sim do meu círculo de amizades, com muito carinho! Obrigada!

Cast: você é demais amiga, sempre me dando avisos de "CUIDADO" rs... Te adoro! Obrigada!

Patrícia: o nosso "encontro real" precisa acontecer também heim! Você é muito legal! Obrigada!

Lú: você é um doce de pessoa amiga! Obrigada!

Nanda: adorei te conhecer viu! Gosto de pessoas sinceras como você! Obrigada!

Aracy: amiga fofa rs... Você é alguém muito ILUMINADA que Deus com certeza escolheu a dedo pra ser minha amiga! Obrigada!

Grande beijo À TODAS VOCÊS, AMIGAS FOFAS QUE FAZEM PARTE DA MINHA VIDA!!! Iara

Eli disse...

Nossa, que texto mais bacana! Pra variar, eu também sou assim, como meu marido diz "boca aberta", sem pensar quando vejo já falei, já ofereci ajuda e só tenho a agradecer a Deus pelas pessoas e aprendizados que tive e ainda tenho na vida.
Agora falando das fotos a questão é: o que você está aprontando? Dá uma curiosidade danada. Eu não vou postar foto do que estou fazendo para não estragar a surpresa. *Ü*
Esse encontro fofo vai ser muito legal!
Bjks,
Eli

Handmade with love... disse...

Eli, obrigada amiga, adoro ver você por aqui! Sempre participando!
Ah é uma delícia mesmo "fazer os outros felizes" né amiga! rs...
Eu não estou "aprontando nada" rs...
Beijão Iara

Amora Doce disse...

Oi Iara!!
Então, essa história de "a gente querer ajudar" e o outro se irritar, já aconteceu várias vezes comigo!E eu me recriminava e me questionava do por que...Pois eu amadureci, continuo tentando, mas quem não quiser, que siga seu caminho!Não me irrito mais porque, afinal eu quis fazer o bem e foi o outro que agiu mal, então minha consciência fica tranquila!Bom saber que existem Iaras, Fernandas, Anas e outras tantas que pensam e agem como eu!

Beijos (e obrigada por dividir suas histórias lindas conosco)!

Handmade with love... disse...

Amiga obrigada você por estar SEMPRE por aqui participando e dividindo suas experiências comigo e com todas que passam por aqui também!!!
Grande bj Iara

Julia Susigan Reis disse...

Olááá

Parabéns por esse lindo trabalho e este blog bárbaro!!! Já te sigo ^^

Ahhh coloca pra gente seguir seu blog através de email !??! é muito legal!! Assim que por não esqueça de me avisar ^^

Estou começando com esse mundo craft e especialmente com o patchwork que está sendo minha nova paixão ...

Criei um mini ateliê, um blog e uma página no face para divulgação! fora os estudos ....

Dá uma passadinha lá para você ver >> artesdejulia.blogspot.com

Te espero hein ?!?!

Quero fazer muitas amizades para trocar idéias, sugestões, trabalhos e muitas dicas e é claro muito carinho !!!

Bjs e bom restinho de semana!
Te espero !

Soraia disse...

Olá Iara, olha eu de novo !
Gosto de ler suas postagens com calma e lhe responder com calma !
Então vamos lá:
Ser ou não ser, és à questão ...
HOJE (atualmente) estou avaliando a VIDA da seguinte forma, a maioria das pessoas dizem que sou LEGAL, DOCE, ATENCIOSA e PRESTATIVA e "sou mesmo" e daí ?
Cansei de perder meu tempo preocupada com as pessoas que não me aceitam por ter esta "opção de vida", como diz o ditado: "Os incomodados que se retirem".
Eu aceito as "opções de vida" que as pessoas escolhem para si, não tenho preconceito, todos são bem ADULTOS para saber que tudo que se faz terá resultados positivos ou negativos ou melhor "TUDO tem seu preço" seja qual for a atitude.
Resumindo:
"Dizem que sou louco, por agir assim ...
Mas sou louco por tentar ser FELIZ !"
(frase que ouvi não sei aonde, mas gostei e guardei em meu coração)

Beijos de uma amiga que te admira,
Soraia.

Handmade with love... disse...

Júlia: Muito OBRIGADA mesmo de coração pelas palavras tão carinhosas!!! Seja MUITO BEM VINDA por aqui sempre! Vou até seu blog sim para conhecer! Grande beijo Iara

Handmade with love... disse...

Soso, se somos felizes do modo que somos, isso que é importa não é verdade!?
Eu AMO ser como sou :)
Muito obrigada pelas palavras! Adorei! Bjs Iara

Danny Barros | Borbolet's© disse...

Iaraaaaaaaaaaaaaaaaaaa, nossa como me vi nas suas palavras... me acontecia isso demais, e eu acabei me bloqueando muitas vezes e nem participo de fóruns, conversas e bate papos com mais ninguém, sei que tomei um caminho errado, mas a gente ouve cada uma que até assusta.
Ser alto astral e ser prestativa e simples , acho que incomoda as pessoas... é estranho né?
Mas cada um no seu cada um, a gente tem de continuar a ser nós mesmas!

Pois se somos assim e somos felizes pra que mudar?
Você está no caminho certo pois está no caminho do bem e do amor... e este caminho quando a gente entra não tem volta, rs
Então ... não mude!

beijos no ♥
Danny

Handmade with love... disse...

Danny, com certeza, eu sou o que sou e quem gosta de mim, tem que ser dessa maneira!!!
Temos que ser autênticas...
Beijos e ADOREI sua visita...
Beijos Iara

Mega Artesanal 2017 - CraftShop e Bastidores

Olá pessoal!  A CraftShop esteve na Mega Artesanal 2017! Venham com a gente ver um pedacinho do que aconteceu por lá! Grande bei...