05 setembro 2011

A nova geração dessa "molecada"...



(As facilidades que “essa molecada” curti nos dias atuais...)

- Sabrina, você pode, por favor, reinstalar de novo o Facebook para mim no meu Blackberry, porque está travando?
E cinco minutos depois ela me entrega o telefone celular dizendo:
- Mãe não mexa enquanto está baixando...
- Sabrina, você coloca as músicas que você tem no seu i-Pod no meu?
A Sabrina responde:
_ Ok mãe, depois que eu acabar de baixar no meu eu faço no seu...
_ Vitinho, só você consegue dar um jeito nesse telefone sem fio filho!
_ Prontinho mãe, “eba” eu já arrumei!
- Sabrina, vem aqui filha, por favor, e fala para essa “moça americana” qual o preço dessa peça de roupa e onde posso experimentar?
_ Mãe, custa “tanto” e o provador é logo ali...
_ Sabrina filha, vai mais devagar com esse celular! Porque não estou conseguindo te acompanhar filha!
_ Ai mãe! (rs...)

Assim é essa NOVA GERAÇÃO de jovens nos dias atuais, muito distante e muito diferente dos jovens da minha época de infância, na década dos anos 80.
Eu fico “impressionada” com a facilidade que eles têm com toda essa tecnologia, parece que já nascem com um mouse na mão, sabendo que pesquisa fazemos no Google! (rs...) Meu filho já fazia isso mesmo antes de aprender a ler na escola, como pode?! Eu não sei...
Passeando pela internet, encontrei vários textos falando sobre esse assunto, os jovens atuais. E trouxe aqui alguns trechos dos mesmos:
Essa nova geração desenvolve-se numa época de grandes avanços tecnológicos e prosperidade econômica. Os pais, não querendo repetir o abandono das gerações anteriores, encheram-nos de presentes, atenções e atividades. Eles crescem vivendo em ação, estimulados por atividades, fazendo tarefas múltiplas. Acostumados a conseguirem o que querem, uma de suas características atuais é a utilização de aparelhos de alta tecnologia, como telefones celulares de última geração, os chamados 'smartphones' (telefones inteligentes), para muitas outras finalidades além de apenas fazer e receber ligações. Essa geração cresce em meio a um crescente individualismo e extremada competição.
Vocês com certeza já prestaram atenção no comportamento dos adolescentes desta nova geração. É incrível a facilidade com que eles lidam com o computador, a internet, o celular e os jogos eletrônicos. Eles se adaptam às facilidades numa velocidade incrível. Muitos filhos perguntam aos pais, com naturalidade, como era viver noutros tempos, sem computador, sem internet e sem celular.
É claro que eu gosto e muito, de todas essas “facilidades” que a tecnologia e a modernidade nos oferecem nos dias de hoje. Eu mesma ADORO acessar, seja pelo i-Pod ou pelo celular, e-mails e redes sociais bem como páginas da internet enquanto estou numa fila qualquer por aí ou para “matar” a curiosidade mesmo! (rs...)
Mas apesar disso, eu me preocupo e muito, em passar para meus filhos a importância do “real valor” não só das coisas “materiais”, mas também da vida que temos!
Conto sempre para eles como era a minha vida quando criança. Explico a dificuldade em adquirirmos objetos básicos (roupas, calçados, etc.) que hoje eles ganham com muita facilidade, e que às vezes podem não dar a devida importância e valor para cada um destes.
Tento passar para eles a importância e o valor de palavrinhas mágicas, como um “MUITO OBRIGADO” e um “POR FAVOR”, as quais hoje em dia estão tão esquecidas tanto entre crianças, jovens e adultas. Explico SEMPRE para eles que não há dinheiro no mundo que pague ou compre uma BOA EDUCAÇÃO! Digo a eles, que TODOS somos iguais, não importa a classe social, o cargo exercido ou a cor de pele. E que para sermos respeitados, temos que dar respeito para as pessoas que estão à nossa volta SEMPRE!
E fico muito feliz, quando amigas (os) ou parentes chegam até mim, e dizem: “Parabéns Iara, a Sabrina e o Vitor são crianças maravilhosas e muito bem educadas! É muito gostoso ficar com eles!”.
Quando escuto isso, penso que todo meu esforço e dedicação quase que “exclusiva” a eles (por opção minha e de meu marido) tem dado um resultado muito satisfatório!
Agradeço a Deus pela vida maravilhosa que tenho e pelos filhos mais maravilhosos ainda os quais foram escolhidos para estarem junto comigo!

Um grande beijo
Iara Passerotti - IP Handmade

(O que a “molecada” curtia na minha época rs...)

11 comentários:

Ateliê Márcia Ribeiro disse...

Geeente, você agora foi longe! Que saudade da minha infância! Adorava brincar de Gênius...
Que delícia de texto, aliás, a cada dia você se supera na forma de escrever, muito expontânea ao se expressar, daí sempre sai um belo texto.
Bj pra você!

Handmade with love... disse...

Márcia! Nossa cada brinquedo legal que a gente tinha não é verdade!? Para a época eram DEMAIS rs... Eu te agradeço pela visita e pelo recadinho tão carinhoso! Grande beijo Iara

Atelier Caseiro disse...

É incrivel mesmo Iara, minha sobrinha tem 2anos 5 meses e mexe com desenvoltura no DVD portatil e nos seus joguinhos do ITouch.
=) E a gente lá nos tempos de "Atari". hehehehe
Uma linda semana pra ti!
Ana

Handmade with love... disse...

Ana esses pequenos são "muito articulados" rs... Um barato! E a gente com saudades do Atari mesmo rsrs... Beijão e tenha uma linda semana tb amiga! Iara

Cris Manfredini disse...

Pois é Iara, nossos tempos não tinham tanta tecnologia, mas dávamos mais valor a cada "bobagenzinha" que ganhávamos suadamente. Penso se não estamos dando demais aos nossos filhotes. Mas, como você disse, quando recebemos elogios pelo comportamento deles, ficamos felizes em ver que alguma coisa de bom estamos conseguindo passar em termos de valores pessoais e não somente os enchendo de tecnologia e de grifes da moda. Ótima semana!
Bjks

El Bernardes disse...

Excelente reflexão, Iarinha, valores independem de tecnologia e conhecimento... eles são perpétuos.
Mas, se vc vê diferença... imagina eu!! Atari, genius, isso foi dos meus filhos!!!!!! Ai,ai, o tempo passa, ih,ih.
Mts bjks antigas, amiga

Cantinho da Aracy disse...

Amei amiga, é isto mesmo, tem valores que não importa qual seja a geração, precisam ser ensinados e valorizados.
Seus filhos revelam o seu cuidado materno, parabéns.
beijos no coração

Fernanda Reiko disse...

Pois é Iarinha,o Henrique não larga do playstation e sabe acessar todos os joguinhos do discovery kids, acredita? Mas as palavrinhas magicas ele ta aprendendo, ah ta.Grande beijo priminha...

Handmade with love... disse...

Cris, El, Aracy e Fê: é isso aí amigas, BOA EDUCAÇÃO a gente ensina, não nasce sabendo não... Beijos à todas!!! Iara

Tecidos e Crafts disse...

Oi minha amiga Iara, boa noite.
Ao ler seu post, não pude mudar de página sem tecer um comentário (rs).
Esse mundo tecnológico nos qual vivemos, essa nova Revolução, sem dúvida alguma muda comportamentos, nosso dia-a-dia, as relações entre tantas coisas.
Viver nesse mundo digital e que está se transformando (ao meu ver), em virtual também, não é uma tarefa tão simples assim.
Essa nova geração apresenta muitas habilidades para esse novo mundo, mas IMPRESCINDÍVEL é a presença da família, que dá o suporte emocional, orienta, desenvolve valores essenciais, que hoje se encontram tão em falta na nossa sociedade.
Muitos pais se confundem nesse novo mundo, achando que essas habilidades já são suficientes.
Perceber o papel da família é algo essencial, e é o que se reflete em seus filhos, que mesmo lidando com essa nora era, não deixaram para trás os valores essenciais.
Parabéns mamãe Iara, que tem a sensibilidade de estar atenta ao que é importante na formação de seus filhos.

Um grande beijo,
Aninha.

Handmade with love... disse...

Querida amiga Ana, bom te ver por aqui e melhor ainda ler o seu comentário...
Isso mesmo minha amiga, não dá pra utilizar "tanta tecnologia" e acha que isso RESOLVE todas as outras coisas, principalmente as nossas atitudes. E elas são FUNDAMENTAIS para que esse mundo seja MENOS EGOÍSTA e INDIVIDUALISTA não é verdade?! Super beijo Iara

Furadores de Papel da Loja CraftShop - Materiais para Scrapbook

Olá pessoal! Conheçam os Furadores de Papel de quinas disponíveis na loja Virtual CraftShop! ( www.elo7.com.br/craftshop/loja ) Super v...